Microagulhamento | Dermatologia | Dr. Gustavo Medronha

Microagulhamento

 

O microagulhamento, também conhecido por Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas (IPCA), é uma técnica que consiste em microperfurações da pele através de dispositivos constituído por agulhas superfinas.

Pode-se utilizá-lo com equipamentos mecânicos e através de dispositivos eletrônicos.

O microagulhamento é indicado no rejuvenescimento facial?

Sim. Sua aplicação estimula a produção de colágeno. Com isso, atenua rugas, melhora a qualidade e textura da pele, além de melhorar a flacidez facial.

Pode ser aplicado, também, no pescoço, colo e dorso de mãos.

Há outras indicações para o microagulhamento?

Podemos utilizar no tratamento do melasma, das estrias, das cicatrizes, como as de acne e no tratamento complementar da alopécia androgenética (calvície).

É possível associar outros procedimentos ao microagulhamento?

Sim. Através dos canais formados pelo próprio microagulhamento, pode-se aplicar substâncias com o intuito de facilitar a sua penetração nas camadas mais profundas da pele. Essa técnica é conhecida como drug delivery.

A aplicação de ácido retinoico é um exemplo. É uma substância que auxilia no remodelamento do colágeno, na renovação celular e no clareamento da pele.

Microagulhamento dói?

Sim. No entanto, antes do procedimento, utiliza-se creme anestésico para uma melhor tolerância a dor.

Quais são as contraindicações?

Existem poucas contraindicações, como a presença de infecção local.

Nos pacientes com melasma, o microagulhamente deve ser feito com a técnica adequada para esse tipo de quadro cutâneo, pois pode ocorrer rebote, ou seja, piorar as manchas de melasma.

Quais são os cuidados pós microagulhamento?

É importante o uso de hidratantes calmantes e de protetor solar diariamente.

Quais são as complicações?

Dependendo da técnica aplicada, podem surgir manchas escuras e agravar o melasma existente. Por isso, sempre busque realizar o procedimento com um profissional habilitado para otimizar os resultados e evitar possíveis complicações.

Dr. Gustavo Medronha
Dermatologista

Entre em contato